Navigation

Suíços não conseguem se vacinar em regiões de risco

Os cidadãos suíços não têm direito à vacinação na Tailândia. Copyright 2021 The Associated Press. All Rights Reserved.

Dezenas de milhares de cidadãos suíços vivem em países onde não podem ser vacinados, de acordo com uma reportagem da emissora pública suíça SRF.

Este conteúdo foi publicado em 19. julho 2021 - 13:51
swissinfo.ch/fh

O chefe da Organização dos Suíços do Exterior (OSE) quer que o governo suíço garanta que os cidadãos suíços que residem fora da Suíça tenham acesso às vacinas contra a Covid-19.

Pelo menos 78.000 cidadãos suíços residentes no exterior não podem ter acesso às vacinas contra a Covid-19 em seu país de residência, de acordo com reportagem da SRF na segunda-feira. O governo disse que está dando prioridade aos residentes da Suíça em sua campanha de vacinação.

Isto deixa muitos cidadãos suíços que vivem no exterior em uma situação difícil. Na Tailândia, por exemplo, os cidadãos não tailandeses não têm direito à vacinação. A SRF informa que, apesar de um surto de casos de Covid, os cidadãos suíços que vivem na nação asiática não têm nenhuma possibilidade de serem vacinados.

Enquanto a França ofereceu aos cidadãos francesesLink externo que vivem na Tailândia a oportunidade de serem vacinados, a Suíça carece atualmente de um plano semelhante, e é provável que só introduza um no outono de 2021.

Em uma entrevistaLink externo à emissora suíça de língua alemã, o presidente da OSE, Remo Gysin, disse que a decisão do governo suíço de dar prioridade aos que vivem na Suíça é uma violação dos direitos de igualdade dos expatriados suíços. Gysin pressionou para que a Suíça oferecesse a seus cidadãos a oportunidade de serem vacinados, mesmo que esses cidadãos se encontrem fora das fronteiras do país.

O Ministério das Relações Exteriores da Suíça disse à SRF que, devido à natureza dos contratos de aquisição de vacinas, as vacinas contra a Covid compradas pelo governo suíço não podem atualmente ser administradas no exterior.

O Ministério da Saúde suíço está em contato com os produtores de vacinas e está tentando retificar esta questão, de acordo com a SRF.

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.