Navigation

OMS afirma que continua avaliando a vacina russa Sputnik V

17/06/2021 REUTERS/Shamil Zhumatov reuters_tickers
Este conteúdo foi publicado em 20. outubro 2021 - 22:53

MOSCOU (Reuters) - A Organização Mundial da Saúde (OMS) ainda está avaliando o uso emergencial da vacina contra a Covid-19 Sputnik V, desenvolvida na Rússia, de acordo com atualização no site da OMS nesta quarta-feira.

"Assim como acontece com outras vacinas candidatas, a OMS segue avaliando as vacinas Sputnik V de diferentes locais de fabricação e publicará as decisões sobre seu status EUL (Lista de Uso de Emergência) quando todos os dados estiverem disponíveis e a revisão for concluída", afirmou a OMS em comentário por e-mail à Reuters.

A entidade disse que reiniciou o processo de avaliação para a vacina russa e que está aguardando a "conclusão da submissão contínua".

O Fundo Russo de Investimento Direto (RDIF), que promove a Sputnik V no exterior, informou que um grupo de inspetores da OMS deve visitar a Rússia em breve "para reunir todas as inspeções e documentos necessários sobre a Sputnik V".

Separadamente, Kirill Dmitriev, chefe do RDIF, disse à CNN esperar que a OMS aprove a Sputnik V nos próximos meses, informou a agência de notícias RIA.

A OMS disse em julho que sua análise de como a Rússia produz a vacina Sputnik V encontrou alguns problemas com o envasamento de frascos em uma fábrica. O fabricante disse que desde então resolveu todas as preocupações da OMS.

O RDIF tem financiado sistemas de teste, medicamentos e vacinas contra a Covid-19. O RDIF apoia o desenvolvimento da vacina Sputnik V pelo Gamaleya Center e está investindo na produção em massa da vacina.

(Reportagem de Vladimir Soldatkin em Moscou)

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.