Navigation

Reciclagem de embalagens plásticas varia conforme a cidade

O residente suíço médio gera quase 100 kg de resíduos plásticos - o triplo dos países da UE. © Keystone / Christian Beutler

Os esforços para melhorar a reciclagem do plástico na Suíça têm apresentado resultados diferentes entre as cidades, variando de "exemplar" a "sem esforço significativo".

Este conteúdo foi publicado em 13. julho 2021 - 07:45
swissinfo.ch/fh

O Greenpeace Suíça realizou um estudoLink externo sobre embalagens de uso único e outros produtos plásticos descartáveis. Basileia atinge uma pontuação quase perfeita de 5,5 em 6, mas cinco cidades só reúnem uma pontuação de 2.

A cada ano, o residente suíço médio gera quase 100 kg de lixo plástico - mais de três vezes a média europeia. Apenas 25% dos resíduos plásticos são reciclados, um número bem inferior ao de outros países europeus.

Conteúdo externo

Apesar de algumas medidas recentes, como lojas que cobram as sacolas plásticas dos clientes, a Suíça não pretende copiar o plano da União Europeia para garantir que todas as embalagens plásticas sejam recicláveis.

A quantidade de plástico mal descartado está afetando a nação alpina. Um estudo de 2019 que mediu a poluição por plásticos constatou que a concentração de microplásticos no Lago de Genebra era tão alta quanto nos oceanos. 

Melhorar urgentemente

O Greenpeace analisou uma série de critérios para preparar sua lista de desempenho de reciclagem. Estes incluem a política oficial de reciclagem estabelecida por cada cidade, a quantidade de plástico entregue por takeaways e se há proibições de usar pratos e copos de plástico em espaços públicos.

Basileia e a capital suíça, Berna, se destacam como bons desempenhos. No entanto, Zurique e Genebra se destacam na parte inferior da tabela. O estudo observa, entretanto, que Neuchâtel e Genebra anunciaram recentemente novas medidas de reciclagem que são tardias demais para serem incluídas no estudo.

A Suíça é o quarto maior produtor de lixo por habitante da Europa, diz o Greenpeace. A ONG ambientalista exortou a Suíça a melhorar sua situação.

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.