Navigation

Oito esquiadores morrem em três dias nos Alpes suíços

Um esquiador irlandês de 29 anos morreu na segunda-feira em uma avalanche no Col des Gentianes em Siviez, perto de Nendaz, no cantão do Valais. Police cantonale valaisanne

Sete pessoas foram mortas por avalanches durante o fim de semana e na segunda-feira em áreas de esqui de língua francesa e alemã. Um sueco também morreu em um acidente de esqui separado em Verbier, na segunda-feira.

Este conteúdo foi publicado em 19. janeiro 2021 - 09:19
RTS/sb

Uma avalanche varreu dez esquiadores na área fora de pista de Verbieret, na segunda-feira. Um esquiador inglês de 38 anos que morava na estação de esqui morreu em decorrência de seus ferimentos enquanto outro membro do grupo ficou gravemente ferido e foi levado de helicóptero para o hospital de Sion, informou a polícia do Valais.

No mesmo dia, um esquiador irlandês de 29 anos de idade morreu numa avalanche em Col des Gentianes em Siviez, perto de Nendaz. Ele fazia parte de um grupo de três pessoas que estavam esquiando fora da pista quando uma laje de neve cedeu. O homem morreu de seus ferimentos no hospital de Sion.

Uma terceira morte ocorreu na montanha Rochers-de-Naye, acima de Montreux, no domingo à tarde, quando quatro esquiadores locais, de 19 a 21 anos, desencadearam uma avalanche que os varreu. Dois deles conseguiram cavar seu caminho para fora da neve e resgatar um terceiro amigo que estava soterrado. O quarto esquiador foi encontrado às 19h de domingo por uma grande equipe de resgate com cães, mas depois morreu de seus ferimentos em um hospital de Lausanne.

Outro esquiador foi morto por uma avalanche perto de Gstaad no domingo, enquanto esquiava com duas outras pessoas. Três outras mortes por avalanche foram relatadas no fim de semana em Klosters no cantão dos Grisões, em Engelberg, cantão Obwalden e em Stoos, cantão Schwyz.

Um sueco de 46 anos que vive no cantão de Vaud também morreu em um acidente no domingo enquanto esquiava fora de pista na região de Lac des Vaux, em Verbier. Ele caiu de uma pedra de seis metros de altura por má visibilidade, disse a polícia do Valais.

No fim de semana passado, um grande número de pessoas foi para as encostas depois da grande quantidade de neve que caiu em quase todo o país. O risco de avalanche estava em segundo nível mais alto na maior parte dos Alpes suíços.

Durante os últimos 20 anosLink externo, houve uma média de 100 avalanches reportadas por ano em que pessoas foram vitimadas. Em média, 24 pessoas morrem em avalanches a cada ano, a maioria (+90%) em áreas montanhosas abertas onde as pessoas estavam fora das pistas de esqui e snowboard, ou em excursões pelo país em esquis ou raquetes de neve.

Conteúdo externo

Participe da discussão

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.