Navigation

Nova lista de bilionários da Bloomberg tem oito suíços 

Residentes suíços figuram entre os 500 mais ricos do mundo; nos dez primeiros lugares, nove são americanos. © Keystone / Gaetan Bally

Na última edição do Índice Bloomberg de Bilionários, oito nomes suíços ou residentes na Suíça figuram entre as 500 pessoas mais ricas do mundo.

Este conteúdo foi publicado em 19. maio 2021 - 10:51
Keystone-SDA/dos

O mais rico dos bilionários sediados nos Alpes é Ernesto Bertarelli, de Genebra, que segundo sua própria descrição é um "empresário suíço ativo nas áreas de negócios, finanças, esporte e filantropia".  

Bertarelli vale cerca de US$ 20,4 bilhões (CHF 18,4 bilhões), de acordo com a lista Bloomberg, onde ele ocupa o 92º lugar. 

Atrás dele, em 241º lugar, está o italiano Gianluigi Aponte, baseado na Suíça, cuja fortuna de 10 bilhões de dólares provém principalmente de sua propriedade da Mediterranean Shipping Company, com sede em Genebra. 

Depois vem Hansjörg Wyss (280°), as irmãs Blocher, Magdalena Martullo e Rahel (334° e 342°), e várias famílias acionárias da gigante farmacêutica Roche: André Hoffmann (430°), Vera Michalski-Hoffmann (453°) e Maja Hoffmann (454°).  

Americanos nas primeiras posições

Os americanos ocupam nove das dez primeiras posições da lista, com Jeff Bezos encabeçando o ranking com US$ 190 bilhões. Depois do francês Bernard Arnault em segundo lugar, vem o trio de Elon Musk (que "escorregou" nos últimos meses devido à queda do preço das ações de Tesla), Bill Gates, e Mark Zuckerberg. 

A "lista não oficial" da Suíça é geralmente elaborada pela revista Bilanz, que em sua edição de 2020 colocou no topo a família do falecido fundador sueco da Ikea, Ingvar Kamprad, com 56 bilhões de francos suíços. A família Kamprad é seguida pelos Hoffmans e Oeris, que controlam a Roche (CHF 29-30 bilhões), Gérard Wertheimer, o principal acionista da Chanel (CHF 25 bilhões), a família Safra, ativa em bancos privados e negócios imobiliários (CHF 21-22 bilhões), e a família Blocher (CHF 15-16 bilhões). 

Além dessas fortunas contadas em bilhões, há também um número considerável de milionários na Suíça. Estes eram 438.000 em 2019, de acordo com o Relatório sobre a Riqueza Mundial da Capgemini 2020.



Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.