Navigation

Cuidadores de idosos reclamam de estresse e baixa remuneração

Os autores do estudo argumentam que a pandemia de Covid piorou as condições para o pessoal de cuidados nos lares de idosos. © Keystone/Christian Beutler

O pessoal cuidador criticou as condições de trabalho nos lares de idosos da Suíça.

Este conteúdo foi publicado em 14. outubro 2021 - 09:45
swissinfo.ch/fh

Em uma pesquisa publicada na terça-feira, metade dos entrevistados disse que os salários eram muito baixos e até 40% reclamaram de estresse no trabalho.

O Observatório Suíço da SaúdeLink externo, uma instituição financiada pelas autoridades federais e cantonais, também revelou que um em cada dois entrevistados disse que estava considerando mudar de emprego.

Quase todos os gerentes de casas de repouso que participaram da pesquisa disseram que tinham problemas para recrutar pessoal de enfermagem qualificado e outros cuidadores.

O estudo é baseado em dados de mais de 4.400 pessoas trabalhando em lares de idosos nas regiões de língua alemã e francesa do país entre 2018 e 2020.

Os autores da pesquisa dizem que os resultados confirmam que as condições de trabalho nos lares de idosos eram difíceis antes da pandemia de Covid-19 e que a situação piorou nos últimos dois anos.

Os autores do estudo recomendam aumentos salariais, assim como outras medidas para impulsionar a imagem do pessoal dos lares de idosos para atrair mais pessoas para trabalhar na área.

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.