Navigation

Irmão do ditador é assassinado na Malásia

Foi como nos clásssicos romances de espionagem. Um homem de 45 anos circula pelo aeroporto de Kuala Lunpur, na Malásia, à espera de um voo. Duas mulheres se aproximam e lhe aplicam uma injeção e fogem num táxi. Ele passa mal e morre pouco depois a caminho do hospital. A vítima é Kim Jong-nam, irmão mais velho do líder norte-coreano Kim Jong-un. Essa é, em todo caso, a versão da imprensa sul-coreana. Os dois irmãos estudaram na Suíça, quando jovens. Keystone
Este conteúdo foi publicado em 15. fevereiro 2017 - 11:45
swissinfo.com agências


Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?