Navigation

Como a Covid-19 atingiu o setor cultural suíço

Os museus suíços viram as vendas de ingressos reduzidas pela metade como resultado das restrições do governo à Covid em 2020. Keystone/Peter Klaunzer

Um folheto informativo oficial listou o impacto negativo da pandemia de Covid-19 sobre o setor cultural suíço no ano passado.

Este conteúdo foi publicado em 02. setembro 2021 - 07:45
swissinfo.ch/fh

Os resultados preliminares mostram que o número de pessoas trabalhando no setor caiu 4,7%, de acordo com o Departamento Federal de Cultura.

A venda de ingressos de cinema caiu quase dois terços em comparação com o ano anterior e o número de pessoas visitando museus em todo o país diminuiu pela metade.

Mas nem tudo foi ruim em 2020. O interesse em ofertas culturais online, incluindo o uso de e-books e jogos, assim como a transmissão de filmes, tinha crescido, de acordo com o departamento.

O governo aprovou a base legal para dar ajuda financeira a artistas, organizadores de eventos e instituições afetadas por fechamentos temporários e outras restrições em 2020.

O Parlamento também aprovou uma lei separada que foi emendada duas vezes nesse ínterim, em uma tentativa de impulsionar o setor cultural.

Artigos citados

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.