Navigation

Câncer aumenta, mas causa menos mortes na Suíça

Uma paciente em uma radioterapia no Hospital Triemli em Zurique, Suíça. © Keystone / Gaetan Bally

O número de pacientes com câncer na Suíça está aumentando, principalmente devido ao envelhecimento da população. Mas o risco de morrer devido à doença diminuiu tanto para homens quanto para mulheres.

Este conteúdo foi publicado em 15. outubro 2021 - 11:15
swissinfo.ch/fh

Cerca de 23.100 homens e 19.650 mulheres foram diagnosticados com câncer por ano entre 2013 e 2017, de acordo com o Relatório Suíço do Câncer 2021Link externo, publicado na quinta-feira. O número total de novos casos aumentou em 3.350 em comparação com o período anterior de cinco anos.

Neste ano, estima-se que esses números tenham subido para 26.000 para homens e 22.000 para mulheres. A mudança demográfica - um número crescente de pessoas idosas na Suíça - está por trás deste aumento, disseram os autores.

Entre 2013 e 2017, cerca de 9.400 homens e 7.650 mulheres morreram de câncer na Suíça a cada ano. Isto significa que cerca de 30% de todas as mortes masculinas e 23% de todas as mortes femininas foram devidas ao câncer.

No total, 21% das mortes anuais relacionadas ao câncer entre os homens foram causadas pelo câncer de pulmão, 14% pelo câncer de próstata e 10% pelo câncer de cólon. Entre as mulheres, o câncer de mama foi responsável por 18% das mortes por câncer, o câncer de pulmão por 16% e o câncer de cólon por 10%. A leucemia e os tumores cerebrais foram os que causaram mais mortes entre as crianças. O câncer de pulmão é a causa mais comum de morte por câncer, com 3.200 mortes por ano.

Em geral, as taxas de morte por câncer entre as mulheres diminuíram 28% entre 1988 e 2017 e 39% entre os homens.

Número baixo de novos pacientes

O risco de contrair a doença diminuiu nos homens e permaneceu o mesmo nas mulheres durante o período de 2003 a 2017. Enquanto isso, nas últimas duas décadas, o número total de meninos e rapazes que relataram ter câncer aumentou anualmente em 0,8%; para as meninas e moças o número foi de 1,8%.

Em comparação com nove países europeus, o número de novos pacientes com câncer na Suíça - para todos os tipos de tumores - é baixo tanto para homens quanto para mulheres. As taxas de mortalidade na Suíça são as segundas menores para os homens e as mais baixas para as mulheres, segundo o relatório.

O terceiro relatório suíço sobre o câncer foi preparado pelo Departamento Federal de Estatística, juntamente com o Registro Nacional do Câncer e o Registro do Câncer Infantil.

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.