Navigation

20 anos lutando contra a morte branca

Nevascas fortes nos últimos dias levaram as autoridades a emitir o mais alto nível de alerta de risco de avalanche nas montanhas suíças. Níveis perigosos semelhantes foram alcançados no inverno de 1999. O que mudou na proteção contra avalanche desde então? (SRF, swissinfo.ch)

Este conteúdo foi publicado em 17. janeiro 2019 - 09:27
swissinfo.ch

Por causa das fortes nevascas no fim de semana, o Instituto de Pesquisa de Neve e Avalanche (SLF) em Davos recorreu ao alerta de risco de avalanche "nível 5", raramente emitido no país.

As áreas mais afetadas se situam na região de montanha do cantão de Berna, na Suíça central, na região de Glarus e grandes partes do sudeste do país.

Na terça-feira (15), o SLF esperava condições ligeiramente melhores graças a diminuição das nevascas. O perigo de avalanche, no entanto, permanece no nível 4, o segundo mais alto e se aplica a praticamente toda a área alpina.

As condições de 2019 lembram o inverno de 1999, quando mais de uma dezena de pessoas foram mortas por avalanches. Na época, em pouco mais de um mês, os Alpes viram mais de cinco metros de neve e a Suíça foi atingida por 1.200 avalanches com algumas consequências devastadoras.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Os comentários do artigo foram desativados. Veja aqui uma visão geral dos debates em curso com os nossos jornalistas. Junte-se a nós!

Se quiser iniciar uma conversa sobre um tema abordado neste artigo ou se quiser comunicar erros factuais, envie-nos um e-mail para portuguese@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.