Navigation

Porque a Suíça necessita de mão-de-obra estrangeira

A relação de amor e ódio dos estrangeiros com a Suíça continua

99% dos entrevistados disseram estar satisfeitos com a natureza da Suíça (1% é obviamente difícil de agradar). Na foto, uma mulher mergulha no rio Verzasca, no cantão do Ticino. Ti-press

Os trabalhadores internacionais ainda adoram a qualidade de vida da Suíça, mas continuam odiando a dificuldade de se estabelecer e fazer amigos, de acordo com uma pesquisa anual. A pandemia de Covid-19 teve um impacto relativamente pequeno em suas vidas, em comparação com a vida de trabalhadores internacionais em outros países.

Este conteúdo foi publicado em 19. maio 2021 - 09:00

A Suíça ficou em 30º lugar entre 59 destinos, entre a Irlanda e a Indonésia, diz a pesquisa Expat Insider 2021Link externo, publicada na terça-feira. São quatro lugares abaixo em relação ao ano passado. Mas como aponta a InterNations (a empresa que realizou a pesquisa), a Covid-19 pode ter "influenciado significativamente" os resultados para 2020 e 2021.

swissinfo.ch

Os prós...

A Suíça apresenta o melhor desempenho no índice de Qualidade de Vida (9º). Quase todos os expatriados (99%) estão satisfeitos com a natureza (contra 84% globalmente), classificando a Suíça em segundo lugar mundial para este fator - logo após a Nova Zelândia - e em quarto lugar na subcategoria Qualidade do Meio Ambiente. Além disso, 95% classificam a água e o saneamento da Suíça (vs 77% globalmente), e outros 89% estão felizes com a qualidade do ar (vs 66% globalmente).

A maioria dos expatriados - como é chamada a comunidade de trabalhadores internacionais empregados em multinacionais e organizações internacionais na Suíça - também está satisfeita com a tranquilidade do país (95% contra 80% globalmente) e sua estabilidade política (91% contra 64% globalmente). Outros 94% estão satisfeitos com suas oportunidades de viagem (vs 84% globalmente), e 96% classificam positivamente a infra-estrutura de transporte (vs 76% globalmente). Isto leva a um segundo lugar para a Suíça na subcategoria Viagens & Transporte, atrás da vizinha Áustria.

Em termos de qualidade de vida, há apenas dois aspectos negativos: 26% dos entrevistados não estão satisfeitos com suas atividades de socialização e lazer (vs 18% globalmente), e apenas 34% classificam positivamente a acessibilidade da saúde (vs 61% globalmente).

Vencedores e perdedores 2021

Top 5
Taiwan (1)
México
Costa Rica
Malásia
Portugal

Lanterna 5
Egito
Rússia
África do Sul
Itália
Kuwait (59)

End of insertion

A Suíça também apresenta um bom desempenho no índice de Trabalho no Exterior (18º), com uma participação especialmente alta de expatriados (85%) vendo positivamente o estado da economia local (contra 62% globalmente).

Uma proporção acima da média de entrevistados na Suíça trabalha atualmente em tempo integral ou parcial (74% vs 67% globalmente). "Eu gosto da segurança, da beleza do país, da liberdade e das oportunidades de trabalho na Suíça", disse um expatriado brasileiro.

...e os contras

Entretanto, enquanto a Suíça ocupa a 20ª posição no índice de Finanças Pessoais ("Personal Finance Index"), o país está entre os piores destinos do mundo no índice de Custo de Vida (58º): apenas Hong Kong tem tarifas piores. Na verdade, 65% dos expatriados estão insatisfeitos com o custo de vida (contra 34% globalmente).

Os resultados do país no índice Facilidade de se Estabelecer (52°) não são muito melhores: 28% dos expatriados não se sentem em casa na cultura local (contra 20% globalmente), e outros 28% têm dificuldade para se acostumar (contra 18% globalmente).

Além disso, 61% dos expatriados não acham fácil fazer amigos locais (vs 36% globalmente), e 32% estão insatisfeitos com a simpatia geral em relação aos residentes estrangeiros (vs 18% globalmente). Mais da metade dos entrevistados na Suíça (52%) são em sua maioria amigos de outros expatriados - uma alta proporção em comparação com a média global (32%).

Efeito Covid

Embora a pandemia tenha mudado os planos de 37% dos entrevistados da pesquisa em escala global, ela só teve um impacto em 20% na Suíça. Entretanto, um em cada três expatriados na Suíça (33%) diz que a pandemia afeta principalmente sua vida social, seguida por viagens pessoais (30%), e seu trabalho ou negócios (10%).

Poucos notaram um impacto em sua saúde geral (2%), finanças pessoais (4%) ou saúde mental (6%).

A proporção de expatriados na Suíça que utilizam os canais oficiais do governo como fontes de informação sobre a Covid-19 e regulamentos relacionados (61%) é maior do que a média global (48%). A maioria dos entrevistados (71%) diz estar satisfeita com a comunicação oficial sobre a Covid-19 (vs 66% globalmente).

The InterNations Expat Insider 2021 Survey

Para sua pesquisa anual Expat Insider, a InterNations solicitou 12.420 expatriados representando 174 nacionalidades e vivendo em 59 países ou territórios para fornecer informações sobre vários aspectos da vida expatriada, assim como seu sexo, idade e nacionalidade.

Os participantes foram convidados a classificar até 37 aspectos diferentes da vida no exterior em uma escala de um a sete. O processo de classificação enfatizou a satisfação pessoal dos entrevistados com estes aspectos, considerando tanto temas emocionais quanto aspectos mais factuais com o mesmo peso.

As classificações dos fatores individuais dos entrevistados foram então reunidas em várias combinações para um total de 13 subcategorias, e seus valores médios foram usados para elaborar cinco índices tópicos: Qualidade de vida, facilidade de instalação, trabalho no exterior, finanças pessoais e custo de vida. Os primeiros quatro desses índices foram ainda calculados como média, juntamente com a satisfação geral dos expatriados com sua vida, a fim de classificar 59 destinos para trabalhadores internacionais em todo o mundo.

Para que um país fosse incluído nos índices e, consequentemente, na classificação geral, era necessário uma amostra de pelo menos 50 participantes da pesquisa por destino.

(Fonte: InterNations)

End of insertion

Adaptação: Fernando Hirschy

Participe da discussão

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.